02 Outubro 2023

    Salão Nobre da Câmara de Matosinhos

    Outro

    Prémio Fernando Távora

    19ª edição (2023/24) | Anúncio do Vencedor

O “Prémio Fernando Távora” é um prémio anual que atribui uma bolsa de viagem destinada a todos os arquitectos inscritos na Ordem dos Arquitectos. Destina-se a perpetuar a memória de Távora, valorizando a importante contribuição da viagem e do contacto direto com outras realidades na formação da cultura do arquitecto. Atendendo a que em 2023/2024 se celebra o centenário do nascimento do arquitecto, pretende-se que as cerimónias referentes à 19ª edição do Prémio sejam programadas em consonância com a efeméride, dando-lhes maior visibilidade de modo a abranger novos públicos. Integra esta iniciativa a edição dos Cadernos de Viagem das 14ª, 15ª. 16ª e 17ªs edições.

No dia 2 de outubro, em cerimónia decorriada no Salão Nobre da Câmara de Matosinhos, foi anunciado o projeto vencedor da 19.ª edição do Prémio: Maria Rita Pais e Luís Santiago Baptista com Na Linha da Frente. A arquitectura do bunker nas linhas de defesa da Europa Central.

O júri - constituído pelo ator e encenador Ricardo Pais, pela Arq.ta Andrea Soutinho (Fundação Marques da Silva), pela Arq.ta Ana Vieira (Casa da Arquitectura) e pela Arq.ta Susana Ventura (OASRN) e, também, pela Dr.ª Maria José Távora (família do Arquiteto Fernando Távora) - decidiu unanimemente por uma proposta que considerou ser “consistente, com um plano de viagem extremamente bem estruturado e pormenorizado, demonstrando preparação prévia rigorosa. O projeto apropria-se e reformula o próprio conceito de viagem, através da forma como os candidatos pensaram a relação com o território e a especificidade na aproximação a cada um dos lugares.” Especificou ainda que “um dos fatores que pesou na distinção desta proposta face às demais, prende-se com o seu conteúdo imagético e de fascínio por estes objetosarquitetónicos, de alguma forma ocultos e desconhecidos, inscrevendo-a numa reativação dos problemas de fronteira e de guerra que nos vêm afligindo. A proposta procura a discussão do passado destes objetos, também em Portugal, e da sua importância para a memória coletiva futura.”

A cerimónia encerrou com uma conferência do arquiteto/fotógrafo Duarte Belo, Ininterrupta Viagem.

Iniciativa da Secção Regional do Norte da Ordem dos Arquitectos (OASRN) que tem como entidades parceiras a Fundação Marques da Silva, a Câmara Municipal de Matosinhos e a Casa da Arquitectura. Conta ainda com o patrocínio da Ageas Seguros.